quinta-feira, 6 de maio de 2010

Thom Yorke critica empresa responsável por vazamento de óleo


O músico Thom Yorke fez críticas à empresa responsável pela plataforma que explodiu e afundou no mês passado no Golfo do México. O cantor e guitarrista, que recentemente excursionou pelos EUA com a sua nova banda, a Atoms for peace, escreveu na página da internet de seu grupo original, Radiohead, um pequeno desabafo contra o acidente e a empresa.

“Não deveria a BP (a companhia petroleira) ser criminalmente responsável pelo derramamento de petróleo? Não deveriam os chefes da BP pagarem a conta? Isto não é um acidente é um crime terrível”.

Não é a primeira vez que Yorke age contra um problema social. O Radiohead fez um concerto de última hora em janeiro para arrecadar fundos em benefício das vítimas do terremoto no Haiti. Ele também contribuiu com a trilha sonora de um novo documentário sobre o movimento “Free Tibet”.

Suas declarações polêmicas também atingiram a COP-15, reunião da ONU sobre mudança climática que aconteceu no fim do ano passado em Copenhague. Conhecido por seu interesse em assuntos ambientais - Yorke foi editor convidado de uma edição especial sobre mudança climática da revista do jornal britânico "The Observer" -, o cantor criticou os delegados que participavam da reunião:

"É um monte de homens reprimidos de meia idade, que enxergam através das suas próprias esferas de interesses particulares, e não veem o processo como um todo", disse o músico britânico na ocasião.

O acidente
A British Petroleum foi responsabilizada pelo Governo americano pelo vazamento que começou após o afundamento de uma plataforma de prospecção no último dia 22 de abril.

Na quarta-feira (5), a BP começou a transportar um enorme equipamento metálico que irá canalizar parte do petróleo que sai do poço para um navio na superfície. Depois de instalado, ele deve começar a recolher o petróleo na segunda-feira, segundo Doug Suttles, diretor de operações da BP.

A BP já conseguiu conter um dos três vazamentos no poço, que, no entanto, continua jorrando quase 800 mil litros de petróleo por dia no mar. A empresa começou a escavar um poço alternativo, o que pode levar dois a três meses.


fonte :http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/05/thom-yorke-critica-empresa-responsavel-por-vazamento-de-oleo.html

ads

Postado por: jester knight às: 10:03 Categoria:

0 comentários:

Postar um comentário

→ Escreva apenas o que for referente ao tema;

→ Ofensas pessoais ou spam não serão Tolerados;

→ Faça comentários relevantes;

→ Obrigado por sua visita e volte sempre.

 

Novo visual. O que achou?

Seguidores

Página Oficial

site meter