quarta-feira, 7 de abril de 2010

Bayern consegue incrível reação em Old Trafford e elimina o Manchester da Liga


O Bayern de Munique conseguiu nesta quarta-feira um resultado heroico diante do Manchester United, dentro do estádio Old Trafford, e se classificou à fase semifinal da Liga dos Campeões. Depois de estar perdendo por 3 a 0, o time alemão reagiu e buscou os dois gols que lhe valeram a vaga. Como havia vencido o jogo de ida por 2 a 1, o Bayern se classificou por ter feito mais gols fora de casa com os 3 a 2 desta quarta. Gibson e Nani (dois) marcaram para os anfitriões, com Olic e Robben (um golaço!) anotando para o Bayern.

O lateral brasileiro Rafael, que vinha fazendo boa atuação na parte ofensiva do time do Manchester, acabou sendo determinante para a eliminação do time inglês. Com o placar em 3 a 1, ele foi expulso no início do segundo tempo. A partir daí, os donos da casa tiveram problemas para atacar e foram dominados pelos alemães.

O adversário dos bávaros na fase semifinal será o Lyon que eliminou também nesta quarta-feira o Bordeaux. Os jogos serão realizados nos dias 21 e 27 de abril. A outra semifinal será disputada entre Inter de Milão e Barcelona.

A partida foi marcada por um duelo de craques que jogaram no sacrifício. Rooney, principal jogador do Manchester, foi titular mesmo com o tornozelo direito machuacado. O atacante participou ativamente do primeiro gol de seu time, mas foi visto mancando em campo nos 55 minutos em que jogou.

No lado do Bayern, Robben, que sofreu um problema na panturrilha direita no jogo de ida, também era dúvida. Além de ser titular, o holandês acabou como herói da classificação do time alemão, ao anotar o segundo gol.

O Manchester começou o jogo arrasador e abriu 2 a 0 com menos de dez minutos de bola rolando. Aos 3, Rafael avançou pela direita e tocou para Rooney, que entregou de primeira para Gibson. O volante bateu forte, de fora da área, e abriu o marcador.

O segundo gol surgiu aos 7 minutos, novamente pela direita do ataque dos Diabos. Valencia avançou até a linha de fundo e cruzou para o meio da área. Nani, de letra, mandou a bola longe do alcance do goleiro Butt e fez o Old Trafford explodir.

Atordoado, o Bayern de Munique teve muitas dificuldades para atacar. Rafael teve a chance de fazer 3 a 0 depois de receber passe com açúcar de Rooney. O lateral brasileiro avançou livre até dentro da área e bateu cruzado. A bola foi para fora, muito perto da trave direita de Butt.

Aos poucos, os alemães passaram a aproveitar a seu favor a melhor arma do rival. O time passou a explorar os apoios pela direita de Rafael e começou a atacar nas costas do brasileiro.

Mas quem voltou a marcar foi o Manchester. Aos 41, Valencia avançou novamente pela direita e cruzou rasteiro para a área. Rooney não alcançou na marca do pênalti, mas a bola chegou até a Nani no lado esquerdo da área. O português emendou de primeira e acertou o ângulo, em mais um belo gol.

Quando parecia que o Bayern estava entregue, o time conseguiu o gol que lhe garantiu a sobrevida na partida. Aos 43, Olic ganhou no corpo de Carrick dentro da área e, quase sem ângulo, bateu cruzado para fazer o primeiro dos bávaros na partida.

O panorama do jogo mudou completamente logo no início da etapa final. Rafael agarrou Ribéry pela camisa e levou o segundo cartão amarelo. Com a expulsão do brasileiro, o técnico Alex Ferguson foi obrigado a sacar Rooney para recompor a defesa, lançando O'Shea na lateral direita.

O Bayern passou a dominar a partida e criou chances para fazer o gol da classificação. Van der Sar salvou o Manchester em algumas oportunidades, e Mario Gómez acertou o travessão em outro lance, de cabeça.

O Manchester se limitou a explorar os contra-ataques e teve uma grande chance para matar o jogo. Nani avançou livre pela esquerda e bateu forte, obrigado Butt a fazer uma grande defesa.

Aos 29, entretanto, o Bayern conseguiu o gol da classificação. Ribéry bateu escanteio da esquerda procurando Robben, do outro lado, ainda fora da grande área. O holandês emendou de primeira um lindo chute, que entrou no cantinho direito de Van der Sar.

O Manchester ainda tentou um último ímpeto, ao trocar o volante Carrick pelo atacante Berbatov. Mas o Bayern não deu sopa ao azar e se garantiu na fase semifinal da Liga dos Campeões.

Fonte:http://globoesporte.globo.com/

ads

Postado por: Felipe Oliveira às: 15:11 Categoria:

0 comentários:

Postar um comentário

→ Escreva apenas o que for referente ao tema;

→ Ofensas pessoais ou spam não serão Tolerados;

→ Faça comentários relevantes;

→ Obrigado por sua visita e volte sempre.

 

Novo visual. O que achou?

Seguidores

Página Oficial

site meter